domingo, 30 de setembro de 2007

Outubro - mês das crianças e do aniversário da Maria Clara











sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Album de Família

terça-feira, 25 de setembro de 2007

História da Minha Avó


Até o início do século XX ainda era de acesso a poucos o mundo da leitura impressa. Como exemplo dessa realidade segue a história da minha avó. Nascida em Portugal no ano de 1903 numa região agrícola, de montanhas e de difícil acesso onde o estudo não era comum junto a população em geral. As mulheres, cuja educação se destinava exclusivamente para os trabalhos do lar e para ser esposa e mãe, eram proibidas pelos pais de estudar ou aprender a ler. Ela então fugia de casa para ter acesso ao mundo da leitura e do estudo que lhe era privado pelo pai e desaconselhado pela cultura dominante da região. O fruto dessa história é que a minha avó foi à única das suas irmãs de uma família numerosa que aprendeu a ler, a escrever e a fazer contas. E no entanto, minha avó era uma grande contadora de histórias. Com a intenção de me acalentar e de me deixar quieta, ela contava histórias para mim: da vinda dela de Portugal; da vida dela com meu avô; que nunca conheci e também de histórias bíblicas da vida do menino Jesus sobre a terra.

No Brasil há uma legião de analfabetos segundo os dados do IBGE no cenário urbano que é de cerca de 16 milhões e meio ainda hoje. Além desses, existe um número impreciso de analfabetos funcionais que são pessoas que “aprendem a ler” mas que não entendem o que lêem e por isso possuem uma relação quase que burocrática com a leitura. Normalmente são pessoas que vêem na leitura algo pesado, chato e cansativo.

domingo, 23 de setembro de 2007


Contando histórias o narrador, em interação com o outro, transforma-se em uma espécie de instrumento para a veiculação de mensagens e informações.
Perde-se de si mesmo como sujeito para ser meio, caminho e processo. Ao mesmo tempo, se há algo que podemos atribuir de forma universal a todos os contadores de histórias, independente de seu contexto histórico-cultural, é a valorização da palavra dita em voz alta intenção destacada do discurso corrente de transmissão de uma narrativa.
Cada contador tem um estilo e maneiras singulares em suas apresentações. Neste instante, pelo desenvolvimento e exposição de um estilo, recupera-se como sujeito e não pode ser mais caracterizado exclusivamente como um veículo.

É primavera, estação da flores.......
21 de setembro a 21 de dezembro




Existe estação mais bela?

Onde o colorir dos jardins alimenta

sonhos e o imaginário.




quinta-feira, 20 de setembro de 2007



A Noite os gatos todos os gatos são pardos...
mas esse gatinho amarelo é uma gracinha...



ESTE é o LÉO, meu gatinho. Muito Prazer!!!!

domingo, 16 de setembro de 2007

sábado, 15 de setembro de 2007

XIII Bienal Internacional do Livro Rio


De 13 a 23 de setembro, no Riocentro acontece esse evento maravilhoso aos amantes da leitura. A BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO - RIO. Confira a programação e divirta-se.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

HOMENAGEM AO PAVAROTTI




video


Um artista/cantor como Pavarotti não morre.


(1935 - 2007)


Dia 21 de setembro começa a Primavera


A Primavera é a estação das flores e sem dúvida, para mim, a estação mais bonita e agradável do ano. Bom.. acima segue um a imagem de nossa maravilha do mundo para aqueles que ainda duvidam por que ela foi escolhida.
"Minha alma canta, vejo o Rio de Janeiro, estou morrendo de saudades....."

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Operários da Alma: O Maior Show da Minha Vida

Operários da Alma: O Maior Show da Minha Vida
Oi tudo bem.
Vc continua gato e o seu site é muito bacana.. beijos e sucesso... vc merece Lu

“A paixão de dizer/2"


Esse homem, ou mulher está grávido de muita gente. Gente que sai por seus poros. Assim mostram, em figuras de barro, os índios hopis, do Novo México: o narrador, o que conta a memória coletiva, está todo brotado de pessoinhas. (GALEANO, 1991)


sexta-feira, 7 de setembro de 2007

MNEMOSINE é o nome da deusa grega que é a personificação da memória naquela cultura. Segundo o Dicionário de Mitologia Grega e Romana de Mario da Gama Kury, Mnemosine é filha de Urano (o Céu) e de Gaia (a Terra) sendo uma das seis Titanides. Diz o mito que durante nove noites seguidas Zeus a possuiu na Pieria e dessa união nasceram as nove Musas. As nove filhas de Mnemosine e Zeus, as Musas, além de inspirar os poetas e os literatos em geral, os músicos e os dançarinos e mais tarde os astrônomos e os filósofos, também cantavam e dançavam nas festas dos Deuses olímpicos, conduzidas pelo próprio Apolo (KURY, 1990)·.

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Contar Histórias faz bem



“Mas, na verdade, quando se pensa nessas monumentais coleções das Mil e uma noites,


do Pantchatantra, e muitas outras,que salvaram do esquecimento lendas, histórias, fábulas, canções,


adivinhações, provérbios... não se pode deixar de sentir uma profunda admiração por esses


narradores anônimos que com a disciplina da suas memórias e da sua


palavra salvaram do esquecimento uma boa parte da educação da humanidade.”


Cecília Meirelles

quarta-feira, 5 de setembro de 2007











Contar Histórias faz bem


A arte de contar histórias caminha com a história da humanidade,
com as mudanças provocadas pelas descobertas e
com o deslocamento do homem durante toda sua
existência neste planeta. Desde que o mundo é mundo,
ou talvez, como começam os contos de fada desde o
tempo do “era uma vez...”, o ser humano conta histórias.
Apesar das diferenças regionais e da característica singular
de cada sujeito e de cada época, certos sentimentos não são
históricos e podem encontrar em diversas formas de manifestação cultural.

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Independência do Brasil



Diz a História Oficial que dia:
7 de Setembro de 1822
foi o dia em que D. Pedro I, as margens do Rio Ipiranga, gritou:
"Independência... ou Morte!!!"
Devemos aproveitar essa data para refletir o quão independente somos e que País estamos construindo.

EM Homenagem a esse dia, indico este site sobre História do Brasil que parece bem interessante.




Hino da Independência
(Letra de Evaristo da VeigaMúsica de D. Pedro I )

Já podeis da Pátria filhos,
Ver contente a mãe gentil;
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil
Já raiou a liberdade,
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá temor servil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.
Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil,
Houve mão mais poderosa,
Zombou deles o Brasil;
Houve mão mais poderosa
Houve mão mais poderosa
Zombou deles o Brasil.



Brava gente brasileira!
Longe vá temor servil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.

Não temais ímpias falanges
Que apresentam face hostil;
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil;
Vossos peitos, vossos braços
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil.
Brava gente brasileira!
Longe vá temor servil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.

Parabéns, ó brasileiros!
Já, com garbo juvenil,
Do universo entre as nações
Resplandece a do Brasil;
Do universo entre as nações
Do universo entre as nações
Resplandece a do Brasil.


Brava gente brasileira!
Longe vá temor servil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

RECEITA DO DIA: Bolo de Milho

HOje vou ensinar a vocês a fazer um bolo simples e delicioso de milho. É prático, rápido e agrada a todos.

Ingredientes

2 lts de milho verde
1 lt de leite condensado
1 xc de coco ralado
1 colher rasa de sopa de manteiga ou margarina
3 ovos
1 colher de sopa de fermento

Modo de Preparo
Pré-aqueça o forno e deixe previamente uma forma untada e polvilhada com farinha.
Bata todos os ingredientes com excessão do fermento no liquidificador por aproximadamente uns 5 minutos. Em seguida, passe para uma outra tijela, acrescente o fermento e misture com energia com a mão por mais uns 3 min. Asse por certa de 25 minutos e abra, enfie um garfo. Se sair limpo esta pronto.

domingo, 2 de setembro de 2007

FLAMENGO, FLAMENGO TUA GLÓRIA É LUTAR....

Todo mundo que me conhece sabe que sou flamenguista de coração..
ME desculpem os demais, que respeito mas "Uma VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO"

http://www.flamengo.com.br/


sábado, 1 de setembro de 2007

"Serenou....... eu caio... eu caio

Serenou... deixai cair...

Serenou na madrugada

Não deixou meu bem dormir"